22 outubro 2015

Apache Web Server com Raspberry Pi A+

Hoje vamos trabalhar com o  Raspberry Pi A+, que está no mercado à um bom tempo mas não costuma receber a devida atenção, já que ele fica um pouco ofuscado pelo Raspberry Pi 2, que tem uma capacidade de processamento consideravelmente maior.

web server Raspberry pi A+

Mas será que  isso é um problema ? Neste post vamos mostrar algumas coisas que você pode fazer com o Raspberry Pi A+, e como utilizar essa placa como um Web Server. Por ser uma opção menor , mais barata e consumir menos energia, pode servir perfeitamente para as necessidades do seu projeto.

Características do Raspberry Pi A+


Apesar da memória de 256 MB ser considerada modesta, o processador é o Broadcom BCM2835 de 700 Mhz, o mesmo que equipa o Raspberry B+.

Fisicamente o Raspberry Pi A+ é um pouco menor (65 x 56mm) do que os outros modelos da linha (que tem 85 x 56mm), ainda assim mantendo algumas características semelhantes, como o conector de vídeo HDMI, a saída de áudio e os conectores para display e câmera. O slot é microSD, mais adequado às necessidades atuais:

Raspberry Pi A+ Detalhes

A placa não tem uma porta ethernet, mas podemos utilizar a porta USB 2.0 para conectar um hub usb (de preferência com alimentação externa), ligando um adaptador wireless/wifi, um teclado e um mouse, conectando assim o Raspberry Pi A+ ao mundo externo. Você também pode utilizar apenas um adaptador wireless e acessar a placa via SSH, utilizando o PuTTY.

Além da porta USB, temos também a GPIO de 40 pinos, para ligação de sensores, displays, motores e outros dispositivos:

GPIO A+


Essa estrutura mais enxuta, junto com o baixo consumo de energia, torna o Raspberry A+ uma ótima opção para sistemas embarcados.

O que é possível fazer com um Raspberry Pi A+ ?


Temos várias opções de projetos para o Raspberry Pi A+, dos quais podemos destacar :
  • Ponto de acesso wireless, expandindo a capacidade da sua rede wireless ou criando uma rede separada para, por exemplo, visitantes
  • Sistema de monitoramento com câmera
  • Media Center, reproduzindo músicas, vídeos e fotos
  • Estação meteorológica, enviando até mesmo os dados pela internet
  • Console de videogame "retrô"
  • Print Server wireless
  • Servidor de Arquivos / File Server
  • Web Server

Estas são apenas algumas sugestões de uso, e existem algumas muito interessantes e criativas, mas o que importa é que o Raspberry A+ tem uma proposta um pouco diferente das placas mais tradicionais como a Raspberry Pi B+ e a Raspberry Pi 2, pois podemos tirar vantagem do seu tamanho e peso reduzidos, criando projetos compactos sem perder a eficiência.

Instalando o Noobs no Raspberry A+ e criando um Web Server


A instalação do Raspbian no Raspberry Pi A+ é bem simples, seguindo o mesmo esquema que eu já mostrei no post Raspberry Pi: Instale o Raspbian e crie seu primeiro programe em Python

Baixe o NOOBS (download), copie o conteúdo do arquivo (descompactado) para um cartão microSD e coloque-o no slot localizado na parte traseira do Raspberry A+.

Assumindo que estamos usando uma configuração com o Raspberry A+, teclado, mouse e adaptador wireless, vamos baixar os programas necessários para criar um web server usando o Apache Server, que é um dos mais usados no ambiente Linux.

Execute os comandos abaixo para instalar o Apache e também o suporte à PHP:

sudo apt-get update
sudo apt-get install apache2 php5 libapache2-mod-php5

Você também pode instalar o mysql no seu servidor, se quiser trabalhar com banco de dados. Para isso, execute o comando:

sudo apt-get install mysql-server mysql-client php5-mysql

Para validar as alterações, reinicie o Apache com o comando

sudo service apache2 restart

Agora basta acessar o seu Web Server à partir de qualquer browser, digitando o endereço IP do seu Raspberry. Não sabe o endereço IP ? Abra o LX TErminal e digite:

hostname -I

Agora sim, com o endereço IP do Raspberry em mãos, abra o browser e acesse a página inicial do Apache2 Web Server:

Página inicial Apache Web Server


Para alterar essa página, como eu fiz acima, acesse o arquivo index.html na pasta /var/www/html

Nenhum comentário:

Postar um comentário